quinta-feira, 20 de junho de 2013

Telescópio espacial obtém financiamento coletivo


RIO – A Planetary Resources, que no fim do mês passado lançou campanha de financiamento coletivo para um telescópio espacial, atingiu a meta de levantar US$ 1 milhão para o projeto. Com isso, um dos satélites Arkyd-100 que a empresa dedicada à mineração espacial pretende lançar nos próximos anos para caçar asteroides estará disponível para os apoiadores, que dependendo da quantia doada poderão desde receber fotos tiradas no espaço com a Terra ao fundo, mostrando uma imagem escolhida por eles projetada em uma tela instalada no telescópio, a usar tempo de observação com o equipamento, que poderão usar para capturar imagens dos objetos celestes de sua escolha ou doar para instituições de ensino ou pesquisadores.

Diante do sucesso da campanha abrigada no site de financiamento coletivo Kickstarter e faltando ainda dez dias para seu final, a Planetary Resources decidiu acrescentar mais funções ao telescópio espacial caso o total de doações atinja US$ 2 milhões. Segundo a empresa, o dinheiro extra permitirá o desenvolvimento de sistemas de estabilização, óticos e eletrônicos para o Arkyd de uso público de forma que ele aumente sua capacidade de observação do espaço profundo, podendo ser usado também para procurar por planetas extrassolares. Estas melhorias não previstas no projeto dos equipamentos que a Planetary Resources pretende usar para identificar asteroides de interesse econômico para seu negócio.


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/ciencia/telescopio-espacial-obtem-financiamento-coletivo-8754741#ixzz2WmYnHV4w