domingo, 20 de dezembro de 2009

Sairam os vencedores do Lápis Astral 2009

Organizado pela Profa. Virgínia Mello Alves do Departamento de Física - IFM - UFPe o concurso divulgou os ganhadores de cada categoria:
http://ccs.ufpel.edu.br/wp/2009/12/17/vencedores-concurso-lapis-astral/

Desejamos a todos os participantes um Feliz Natal e se tudo der certo ano que vem teremos outro concurso !

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Visita a Celestron



A Celestron é uma empresa que completou 50 anos de tradição do mercado de ótica especialmente de astronomia. Durante minha viagem aos EUA tive o prazer de conhecer um dos fundadores o Sr. Alan Hale. Meu primeiro contato com ele foi a 5 anos quando pedi para falar com o departamento de vendas internacionais e me transferiram para nada menos que o CEO na época. Para falar a verdade nem sabia que ele era o CEO até trocar os primeiros emails.

Desde o inicio a Celestron vem prestando um excelente suporte as vendas no Brasil e qualquer problema com os produtos e clientes são resolvidos de forma rápida na medida do possível.

O mais incrível que fiquei sabendo durante minha visita é que a Celestron esta no mesmo endereço em Torrance, California, a mais de 50 anos. Nesse endereço eram fabricados a maioria dos produtos até o inicio de transferência da produção para a China.

Atualmente nos EUA são fabricados os tubos óticos de 8 a 14 polegadas Schmidt-Cassegrain. Também são montados os modelos CPC e os mais novos CGEM e CGE Pro. As partes são fabricadas na China e montadas e testadas na California.

Por isso a qualidade Celestron não decaiu apesar do inicio da produção na China. Muito pelo contrário a qualidade se manteve e a empresa foi capaz de enfrentar a crise no setor iniciado a 5 anos e agravado recentemente.

Durante minha visita tive o prazer de conhecer também todas as instalações da Celestron inclusive ver que todas as unidades do SkyScout são testadas e calibradas nos EUA individualmente. Algumas áreas da empresa não foram permitidas de visitar por motivos óbvios pois eram os setores de desenvolvimento de novos produtos. Também não pude tirar fotos das instalações internas mas somente da entrada e do setor de atendimento ao cliente.

Seguem algumas fotos da visita.



Outro Chirs responsável pela área de distribuidores internacionais.



Uma raridade o Celestron Schmidt-Cassegrain No. 1 fabricado a mais de 50 anos. Foi recentemente trocado com o cliente por um modelo CGE Pro 1400. Sortudo do cliente no.1.


Para quem já assistiu os videos da Celestron no Youtube deve lembrar dessa figura o Kevin. Exemplo do vídeo abaixo:





Discutimos diversas oportunidades para o mercado Brasileiro e em breve teremos novidades. Enquanto isso o invesmento nos estoque de produtos da Celestron será maior do que nunca e vamos tentar oferecer todos os modelos para pronta entrega.

Os modelos AstroMaster são os campeões de vendas ao lado so Nexstar SE e SLT.

Enfim a qualidade Celestron esta mais do nunca comprovada por produtos modernos e avançados.

domingo, 15 de novembro de 2009

Visita a Meade



Durante a viagem que fiz recente aos EUA claro que não podia deixar de visitar a MEADE. Somos representantes da Meade no Brasil há alguns anos. Mas porque não estamos fornecendo seus telescópios ? Essa pergunta foi feita diversas vezes por clientes interessados em seus produtos.

Basicamente a Meade passou por uma enorme reformulação vendendo ativos e divisões inteiras da empresa para focar nos produtos de astronomia. No passado haviam produtos relacionados com atividades outdoor, miras telescópicas para caça e binóculos. Todas essas unidades foram vendidas para outras empresas de forma que agora a Meade esta 100% dedicada para astronomia novamente.

As fábricas instaladas nos EUA foram fechadas e movidas para o México e China. Por esse motivo houve uma queda na qualidade reportada diversas vezes por muitos clientes. Ao mesmo tempo estava acontencendo uma reformulação no atendimento aos clientes que havia chegado ao fundo do poço.

Com tudo isso acontecendo haviam sérios fatores que levavam a acreditar que a Meade poderia fechar as portas. Mas na verdade o que aconteceu foi que focaram no negócio principal, trouxeram executivos de volta para empresa especialistas no mercado de astronomia e implementaram controles de qualidade a altura do padrão Meade nas fábricas novas.

Todo esse cenário foi discutido na minha reunião com Chris, Diretor de Vendas Internacionais, e com a garantia dele de que a empresa estava se esforçando ao máximo para entrar de volta nos trilhos fechamos um acordo para voltar a oferecer os produtos no Brasil.

Aguardem novidades para breve ! Produtos sensacionais como o novo LX90 ACF, LX200, ETX LS, ETX90 e os dobsonianos LightBridge.

Foto do encontro na sede da Meade:

sábado, 14 de novembro de 2009

Filtros coloridos

O uso de filtros coloridos ajudam na observação pois destacam características específicas dos objetos celestes.

Selecionei alguns links com informações sobre filtros:
"Agena Astro Color Filter Selection"
"OptCorp Color Filters"

Na AstroShop temos a seleção completa de filtros coloridos: Filtros

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Concurso Lápis Astral

Estamos patrocinando o Concurso Lápis Astral realizado em Pelotas - RS pelo Grupo de Astro Física PREC / UFPel:
http://www.ufpel.edu.br/aia2009/concurso/concurso.html



domingo, 18 de outubro de 2009

Visita ao observatório Griffith em Los Angeles

Depois de viajar umas 5 horas em estradas excelentes sem nenhum buraco. Cheguei a Los Angeles e fui direto para o hotel em Torrance.

Durante a viagem passei por campos de extração de petróleo estilo Californiano e claro não pude deixar de parar no Denny´s.





Como cheguei tarde e tinha centenas de emails para responder resolvi ficar no quarto e atender as dúvidas dos meus clientes ansiosos por informação !

Dia seguinte a programação seria visitar o Observatório Griffith e o Centro de Ciências de Los Angeles.


Quem é astronomo e visitou Los Angeles tem de ter ido ao observatório Griffith. Talvez não tenha tido a oportunidade pois esteve fechado durante alguns anos para reformas patrocinadas pelo Dr. Spock ou o ator Leonard Nimoy.




O observatório Griffith fica perto também do famoso HOLLYWOOD letreiro que foi durante algum tempo propaganda de um condominio chamado Hollywoodland e que depois virou icone da industria de entretenimento.


A reforma feita no observatório foi enorme e chegaram a levantar o prédio inteiro além de construir um auditório embaixo do gramado na entrada principal.

Não vou ficar mostrando muito do interior pois acaba com a graça do visitante. Mas é muito legal mesmo, com balanças planetárias, maquetes dos planetas, informações sobre meteoritos e muito mais.

Algumas fotos da parte interna:



 

 

Enfim parada obrigatória se você estiver em Los Angeles. Entrada gratuita e só paga USD 7 para assistir a uma apresentação com o novo projetor Zeiss de última geração !



sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Visita a Orion Telescopes em Watsonville







Depois de passar alguns dias me recuperando das 18hs de voo entre Rio de Janeiro -> SP -> Washington -> São Francisco. Infelizmente a UNITED cancelou meu voo via Chicago e com isso penei mais 2hs.

Mas tive algum tempo para visitar amigos que moram em Mountain View e Sunnyvale. Além de visitar a FRYS Electronics e claro almoçar no La Bamba. Para quem não conhece seria a melhor comida mexicana no Silicon Valley !

Acordei no dia 16 e arrumei as malas para seguir para Watsonville que fica 1:30h de Mountain View. A estrada no caminho não tinha nada demais. Mas ao chegar em Gilroy entrei em uma estrada secundária muito bacana que passava por uma região de floresta com árvores gigantescas. Infelizmente não podia parar no acostamento pois tinha várias placas de PROIBIDO PARAR PARA FOTOGRAFIAS.

Chegando em Watsonville pude notar que estava bem numa região de fazendas orgânicas e restaurantes de comida caseira. Mas ja estava atrasado para minha reunião e segui em frente.

Por volta das 13:00 cheguei na Orion Telescopes para uma reunião com o Dave, Gerente de Contas Internacionais. Ao entrar no prédio da Orion fui informado que havia acontecido uma tempestade nos dias anteriores e com isso o teto em algumas partes do prédio havia cedido a infiltrações. Bem agente tem de entender que na California não chove muito logo não esperam muita água caindo do céu...

Fiz um tour pelas instalações da Orion e infelizmente não pude tirar nenhuma foto a pedido do Dave. Fui informado que havia outro prédio onde também não poderia nem visitar pois seria a AREA 51 da Orion onde novos produtos são desenvolvidos.

Apresentei o time da AstroShop e os planos para 2010 e ao final da reunião fui apresentado ao CEO da Orion. Combinamos de tentar aumentar as vendas de produtos da Orion via importação direta da China.

A Orion seria especialista em acessórios para astronomia. Seus telescópios são fabricados na China e Taiwan. Sendo os acessórios fabricados na China, Taiwan, Korea, Japão, EUA.

Entre as novidades podemos citar as novas câmeras StarShoot e os telescópios RC e dobsoniano de 14 e 16 polegadas.

Podemos afirmar que a Orion tem especial atenção a qualidade dos produtos e por isso um custo um pouco mais elevado.

Foto na Orion:

























Depois de me despedir da equipe da Orion fui direto para Monterey onde fiquei hospedado até o dia seguinte de partida para Los Angeles.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Neximage e sistemas com mais de uma webcam.

No tópico anterior resolvemos o problema de instalação da Neximage no Vista 32 bits. Além desse problemas alguns clientes pediram suporte para resolver outro com relação a PCs que já possuem uma webcam.

Atualmente muitos notebooks vem com webcam embutida e isso pode gerar algum conflito com a Neximage. Basicamente o CD de instalação traz os drivers, um manual e alguns aplicativos:

1) AmCap - uma ferramenta de captura desenvolvido inicialmente como exemplo da Microsoft que depois foi transformada em produto. Muito criticado pois existem melhores especificos para astronomia como o wxAstroCapture e o K3CCD Tools.

2) Registax - Ferramenta de processamento de imagem específica para astronomia. Podemos baixar a versão mais atualizada no site: http://www.astronomie.be/registax/download.html

Basicamente usamos o AmCap para capturar as imagens que posteriormente serão tratadas no Registax para um produto final.

Mas ao abrir o AmCap existe a possibilidade grande de ao invés de mostrar a imagem da Neximage a ferramenta mostre outra imagem. Isso porque existem outras câmeras instaladas no PC como por exemplo a embutida existente na maioria dos notebooks atuais.

Então é necessário antes de mais nada selecionar o dispositivo de onde desejamos capturar as imagens. Para isso basta clicar no menu Devices e selecionar o dispositivo ou câmera USB da Neximage. Feito isso se a Neximage estiver conectada ao telescópio e tudo pronto para visualizar a imagem basta focalizar que aos poucos ao invés de uma mancha preta ou branca você terá uma imagem.

Recomendamos que a configuração inicial deve ser feita durante o dia apontando o telescópio para um alvo fácil de ser reconhecido. Assim fica mais fácil de focalizar e fazer os ajuste necessários para a noite.

Com isso basta iniciar as capturas e tratamentos de imagem para conseguir as astrofotos.

domingo, 4 de outubro de 2009

Neximage a Vista 32 & 64 bits.

Alguns clientes tem relatado dificuldades para instalar o driver da Neximage no Windows Vista recentemente. Então resolvemos montar um sistema para ver quais seriam os problemas uma vez que existe uma instrução no site da Celestron.

Basicamente podemos afirmar que o driver da Neximage não funciona nas versões Vista 64 bits. A Celestron também não tem planos para lançar um driver para o Vista 64. Então usuários desse sistema por favor busquem outra solução pois infelizmente a Neximage não atende.

Mas o Vista 32 bits funciona porém o problema é que a Celestron fornece um CD de instalação com um arquivo que só funciona no XP ou versões anteriores. Então para instalar no Vista 32 bits temos de fazer uma pequena atualização.

1) Insira o CD da Neximage no PC e copie todo o seu conteúdo para uma pasta no seu disco rígido. Pode ser qualquer pasta mas vamos criar uma chamada C:\NEXIMAGE

2) Baixe o arquivo do site da Celestron no link a seguir:
http://www.celestron.com/c3/images/files/downloads/1198287238_camvia20vista.zip

3) Descompacte o ZIP e copie o arquivo CamViA20.inf para a pasta que criamos no passo (1).

4) Ao copiar o arquivo CamViA20.inf para a pasta você vai receber um aviso que já existe um arquivo com o mesmo nome. Basta mandar copiar por cima.

Pronto agora você possui uma pasta com os drivers de instalação atualizados para o Vista 32 bits. Basta instalar a câmera como qualquer outro dispositivo USB informando o caminho C:\NEXIMAGE ou o que você criou durante a instalação.

Depois vamos falar sobre o caso de usuários de notebook ou pcs que já possuem uma câmera USB instalada.

Tendo em vista que pretendemos fornecer mais algumas dezenas de unidades da Neximage vou providenciar um CD AstroShop Neximage Vista 32 bits. Para ser usado sem a necessidade dos passos acima. É a equipe AstroShop mais uma vez dedicada a melhor servir seus clientes !

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Depoimentos de clientes

Todos os dias recebemos depoimentos de clientes agradencendo o atendimento e também reclamações diversas. Seria muito fácil criar uma página para colocar as noticias boas e simples copiar o texto de quem elogiou os produtos, atendimento e finalmente a experiência total desde a seleção do produto até a chegada e finalmente o uso do mesmo.

Então pensamos como mostrar isso para os cliente que não conhecem o EBIT ? Realmente não teve nenhuma solução mais simples que colocar um link aqui no blog:
Elogios, críticas e sugestões

Basta ao final de cada pedido clicar no banner do EBIT e fazer sua avaliação. Todas as reclamações serão respondidas o mais rápido possível.

Assim através de uma ferramenta auditada e reconhecida pelo mercado podemos expor a opinião de quem já adquiriu um produto na AstroShop.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Metologia de importação, seleção de fornecedores e garantia

Hoje em dia muitos pensam que importar é fácil para quem tem recursos financeiros disponíveis. Mas o mais dificil é encontrar fornecedores confiáveis e produtos de qualidade. Chegamos até a visitar fornecedores nos EUA e China para estreitar a relação comercial.

Na AstroShop importamos desde 2005 praticamente todos os produtos disponíveis. Nossa experiência demandou muita pesquisa de fornecedores e importação de lotes de teste ou amostras.


Mas mesmo depois de aprovada a amostra como podemos garantir que o lote de verdade tenha a mesma qualidade ? Para isso existem serviços de empresas de inspeção na fábrica que são acionados antes da carga ser enviada. Ao contratar esses serviços especificamos o que foi vendido e exatamente o que isso significa. De forma que o auditor independente contratado por nossa empresa possa inspecionar a carga e gerar um relátorio de conformidade.

Uma vez aprovado o relatório a autorização de envio da carga é emitida e a mesma é transportada para o porto mais próximo no Brasil via áerea ou marítima.

Justamente esse procedimento de seleção de fornecedores, produtos e inspeção pré-embarque fazem parte do nosso controle de qualidade.

Infelizmente alguns fornecedores tentam desovar produtos de menor qualidade, encalhados ou simplesmente pedidos cancelados através de práticas pouco éticas. As vezes oferecem até grandes descontos o que teoricamente barateia o custo do produto para o cliente final.

Mas na AstroShop lutamos ao máximo para garantir o nosso investimento e claro a qualidade do produto e consequentemente o investimento do cliente.

Claro que esses procedimentos geram um custo maior para o produto. Mas em compensação temos um indice de retorno bem abaixo da média e no caso de um defeito de fabrição nossa garantia cobre até a troca total do produto.

Então o cliente pode hoje em dia na Internet comparar preços com relativa facilidade. Pode até pedir opinião de quem já adquiriu um determinado produto. Mas não consegue comparar garantia e nem atendimento com tanta facilidade. Essas coisas só acontecem infelizmente quando precisamos do suporte da empresa.

Por isso mesmo que a AstroShop investiu num laboratório de manutenção e garantia dos produtos. Nossos técnicos formados em eletrônica e com cursos em astronomia podem consertar qualquer produto fornecido pela empresa. Caso não seja possível o conserto os mesmos tem autorização para abrir um produto NOVO e retirar as peças necessárias. Esse produto vira nosso repositório de peças e fica a disposição para outros casos que apresentem outros defeitos.

Na maioria das vezes o conserto do produto nem é cobrado do cliente mesmo estando fora da garantia. Apenas cobramos o frete de retorno uma vez que é um serviço prestado pelos correios ou transportadora.

Se não temos a peça de reposição imediatamente entramos em contato com o fabricante e pedimos que a mesma seja incluida num pedido normal. Ou caso de urgência envie por UPS/FEDEX/DHL.

Todo esse cuidado resulta em uma segurança maior para o cliente não compra apenas um preço. Mas a garantia de uma relação duradoura. Porque quem vende apenas preço depois não vai ter como fornecer serviço e nem garantia.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

NASA TV

Tava navegando no Orkut quando achei uma dica da NASA TV:
http://www.nasa.gov/multimedia/nasatv/index.html

Muito legal pois tem sinal ao vivo além de outros programas gravados.

Além do material gravado são vários os canais ao vivo.

Mundo dos focalizadores

Faz tempo que estou para fazer esse artigo sobre focalizadores e hoje finalmente reuni todos na mesa para tirar fotos e medidas.


Bem como todos sabem não vendemos apenas telescópios prontos. Mas também uma grande linha de acessórios incluindo partes de telescópio para quem deseja montar o seu próprio.


Um dos itens mais importantes seria o focalizador. Existem dezenas de formas de fazer um focalizador desde usando tubos PVC até os mais avançados em CNC.


Na AstroShop fornecemos os focalizadores da GSO e da SkyWatcher. São modelos de excelente ou boa qualidade e em muitos casos podem substituir modelos existentes em telescópios de marca.


Na foto abaixo temos diversos modelos:





Listando os modelo do topo a esquerda temos:
1) Focalizador GSO para refrator modelo FC38001
2) Focalizador GSO para refletor modelo FC15301
3) Focalizador GSO para refletor modelo CRF-M-LP
4) Focalizador SkyWatcher para refletor modelo SWFOCRP
5) Focalizador SkyWatcher para refletor modelo SKFOC2
6) Focalizador GSO para refletor modelo M-CRF303
7) Focalizador GSO para refletor modelo M-CRF230


Esses são os modelos que temos disponível no momento e acredito que novos modelos podem chegar em breve. Como por exemplo o focalizador Crayford para refrator e quem sabe para Cassegrain.

Mas vamos aos detalhes técnicos de cada modelo:

Modelo

Tipo

Perfil Base

Larg Base

Dist Furos

Perc Max

Perc Min

Dist Ocular 1.25

Dist Ocular 2

FC38001

P&C

90mm

90mm

N/D

118mm

90mm

42.5mm

25mm

FC15301

P&C

150-180mm

74mm

57mm

116mm

50mm

42mm

N/D

CRF-M-LP

Crayford

200-300mm

90mm

70mm

65mm

32.5mm

23.5mm

13.5mm

SWFOCRP

P&C

200-300mm

90mm

71mm

92mm

51.5mm

35mm

35mm

SKFOC2

Crayford

200-300mm

106mm

86mm

86mm

48mm

35mm

35mm

M-CRF303

Crayford

300mm

90mm

70mm

94.5mm

52.5mm

23.5mm

13.5mm

M-CRF230

Crayford

230mm

90mm

70mm

94.5mm

52.5mm

23.5mm

13.5mm

Como podemos perceber existem algumas diferenças mínimas mas que podem atrapalhar na hora de montar o focalizador no telescópio.

Além dos modelos acima existem também outros da Orion que infelizmente devido ao custo não temos um mercado consumidor. Existem também os modelos mais avançados com controle automático de focalização via software que são muitas das vezes mais caros que um bom telescópio.

Vamos atualizar a descrição dos produtos acima no site afim de prestar o máximo de informações possíveis.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Novidades

Depois de algum tempo arrumando a casa e o estoque temos algumas novidades:

1) Com efeito imediato diversos produtos adquiridos com o dolar novo tiveram redução de preço final. Não faz muito tempo que o dolar estava R$ 2.40 e agora esta na cara do R$ 1.90- essa diferença de R$ 0.50 ou quase 20% permitiu reduzir os preços de vários produtos. Outras reduções estão programadas na medida que dolar manter esse patamar e novos produtos chegarem no estoque.

Infelizmente nem todos os produtos terão redução pois como expliquei o dolar caiu faz pouco tempo e nosso estoque não acompanha as oscilações tão rapidamente. Ainda estamos num ambiente instável economicamente e os fabricantes também estão recompondo preçõs de forma que aumentos podem ocorrer a qualquer momento. O fim de 2008 e início de 2009 foi um período crítico devido a grande oscilação do dolar e incertezas da economia. Que essa tempestade passe logo !

2) A promoção do telescópio FirstScope 76 da Celestron IYA 2009 foi um sucesso ! Só não foi perfeito devido ao atraso na liberação da carga no porto. Mas conseguimos enviar 200 unidades em apenas 3 dias o que foi um volume recorde de carga nos carros dos correios.

3) Em breve vamos disponibilizar o envio de produtos via PAC dos correios e transportadora. Atualmente já aceitamos o envio de telescópios via transportadora quando o cliente requisita. Normalmente fica mais caro que via SEDEX mas existem exceções. Via PAC também funciona bem para casos de acessórios pequenos e de baixo custo quando o preço do frete SEDEX encarece o preço final. Claro que via SEDEX você recebe o produto em 1 a 3 dias úteis o que torna muito atrativo e até excede a expectativa em geral fazendo com que a experiência da compra via Internet se torne a melhor possível.

4) Estamos retomando a importação de produtos da Meade. Nos últimos 3 anos a empresa passou por reformulações dramáticas fechando fábricas, mudando a sede e reduzindo funcionários e mudando diretores. Durante esse período optamos por não trabalhar com a marca devido a problemas de fabricação dos novos fornecedores e fábricas da própria Meade. Provavelmente vamos focar nos modelos de grau médio e avançado. Aguardem novidades !

Por enquanto são essas as novidades e esperemos ter mais em breve !

Acompanhe nosso Twitter: twitter.com/astroshop

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Fabricado na China

O mercado de astronomia e ótica em geral tem se transformado muito nos últimos 10 anos. Com a entrada de fábricas Chinesas com controle de qualidade e certificado ISO9000 entre outros podemos ter acesso a equipamentos óticos como binóculos, telescópios e seus acessórios a um preço mais acessível.

Até bem pouco tempo atrás um telescópio Newtoniano de 8 ou 10 polegadas custava alguns milhares de dolares. Levando-se em conta as altas taxas de importação e comercialização no Brasil esse preço no mínimo dobrava ou triplicava tendo em vista que ao preço do produto são somados custos de frete e nesse total incidem os impostos.

Mas os fabricantes da China sempre pecavam em termos de qualidade geral. Assim como era o Japão no período pós-guerra mundial. Porém com o tempo procedimentos de controle de qualidade e fabricação impostos principalmente pelo mercado americano e europeu forçou essas empresas a melhorar e modificar profundamente seus processos produtivos e chão de fábrica. Além do treinamento de pessoal e seleção de fornecedores de produtos primários que no caso de ótica seria o vidro em diversos modelos e qualidades.

Como resultado temos atualmente praticamente que 90% ou mais do mercado dominado por produtos fabricados na China. Porém desses fabricantes temos empresas sérias e outras que oferecem um produto realmente de qualidade inferior. Marcas dos EUA e Europa que praticamente obrigam os fabricantes chineses a atender níveis de qualidade iguais ou superiores aos praticados nos países do chamado "1o. mundo".

Mesmo assim ainda existem marcas "MADE IN USA" e "MADE IN EUROPE" que atendem aos mais altos níveis de qualidade exigidos por uma fatia do mercado que podem pagar um preço muitas das vezes além do orçamento normal. Como por exemplo os binóculos Zeiss, Steiner, telescópios TeleVue e Takahashi que são considerados estado-da-arte em termos de qualidade do produto e resultado final.

Mas e quanto aos demais fabricantes ? Como MEADE, Celestron e Orion ? Para poder competir no mercado usam de sua experiência e disponibilidade de fabricantes Chineses para oferecer produtos que atendem a demanda para preços mais acessíveis sem deixar muito a desejar na qualidade. Afinal temos casos onde o astronomo amador esta começando e como na vida real não começamos de cara com uma Ferrari ou Lamborghini. Essas marcas usam diversos fabricantes Chineses para compor seus catálogos de produtos de forma que não dependem única e exclusivamente de um determinado fabricante.

Além das três marcas acima podemos citar outras como Zhumell, Konus, Oberwerk, Hardin, Telescope-Service, Antares e muitas mais. Alguns fabricantes como a GSO e William Optics de Taiwan estão presentes no mercado mundial seja através de uma marca local ou de sua própria.
Mesmo assim os fabricantes chineses não estão impedidos de lançar marcas próprias ou oferecer produtos OEM com a marca do cliente final. Pois se eles atualmente é que fabricam a maioria dos binóculos e telescópios onde a maioria dos asiáticos compram seus equipamentos ?

Visitando uma fábrica na China
Abaixo temos uma coletânea de fotos realizadas a uma fábrica Chinesa fornecedora de marcas renomadas como Meade, Orion e Celestron. Considerado por muitos como as três melhores do mercado americano em termos de custo e qualidade dos produtos.

















Como podemos verificar várias marcas famosas usam os mesmos fornecedores.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Como colimar binóculos.

O procedimento abaixo se aplica a praticamente todos os modelos sem zoom de 40mm a 100mm.

Um binóculo é na verdade um par de refratores montados juntos. O alinhamento entre esses dois telescópio é chamado colimação. Uma colimação bem feita é crítica para a performace de um binóculo e para uma observerção confortável. Nosso cerebro pode fazer um trabalho excelente compensando uma colimação mal feita, mas pode não ajudar muito durante a noite quando menos luz entra no sistema de infromação visual. Por essa razão uma boa colimaçõ é especialmente crítica para binóculos astronômicos. Todo binóculo enviado pela ASTROSHOP é examinado com cuidado e testado e se necessário colimado antes de ser enviado para nossos clientes. Mas existe a possibilidade que a colimação se perca durante o transporte ou por um acidente (queda no chão), por esses motivos estamos passando instruções de como colimar os binóculos de modelos entre 40mm a 100mm sem zoom.

A colimação de binóculos sem zoom é tão fácil quanto colimar um telescópio newtoniano. Tudo que você precisa seria um chave de fenda tipo de relogio pequena e se possível um adaptador para tripé com o binóculo montado no tripé. O procedimento pode ser feito sem o binóculo montado no tripé mas nos modelos mais de 50mm seria muito mais rápido e confortável num tripé.

O procedimento de colimação deve ser efetuado durante o dia. Ao visualizar um objeto procure por algo que forme uma linha reta horizontal. Como por exemplo o telhado de um casa, um prédio que esteja no mínimo a 100 metros de distância. Se o binóculo estiver descolimado o topo dos tetos não estarão alinhados como na figura ao lado. Podemos notar o desnível entre as imagens e esse problema que temos de corrigir para colimar o binóculo.


Com a ajuda de uma chave de fenda pequena como usada em relógios procure o parafuso de alinhamento dos prismas no corpo do binóculo. Esse parafuso fica localizado embaixo da proteção de borracha da maioria dos modelos. Alguns modelos que não usam a proteção de borracha o acesso aos parafusos de alinhamento é direto.

Um vez localizado o parafuso de alinhamento gire bem devagar no sentido horário. Observe se a imagem diminui ou aumenta o alinhamento e repita o processo girando bem devagar o parafuso. Esse processo pode ser feito em ambos os lados do corpo do binóculo. Principalmente se além da falta de alinhamento seu binóculo apresente uma imagem sobre-posta. Nesse caso é necessário ajustar ambos os parafusos dos dois lados do binóculo.


Com a prática você vai descobrir que o processo é bastante simples e rápido. Jamais use cola nos parafusos ou qualquer outro liquido.

Infelizmente esse procedimento não se aplica aos binóculos com Zoom. Binóculos com zoom necessitam de um procedimento mais avançado e uso de equipamento de colimação.

Equipe ASTROSHOP

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Eclipse na China

Um amigo chinês enviou esse vídeo para demonstrar como foi impactante o eclipse de 7 min na Ásia:



Segundo ele o frenesi para encontrar o melhor local de visualização foi total.

sábado, 18 de julho de 2009

PicoEQDirect Parte 2

Bem amigos montado o PicoEQDirect passamos para o teste com uma montagem EQ6 Syntrek.

Resultado final numa caixa DB9 de porta serial:



Baixei os drivers ASCOM e o EQMOD e quando fui instalar recebi uma notificação de que seria necessário o .Net 2.0 Framework. Ai eu pensei "deve ser coisa pouca..." mas o bendito .Net tem uns 235Mbytes de deus sabe o que !

Porque não desenvolveram os drivers ASCOM em Delphi ? Com certeza ficaria com 1 ou 2 megabytes e não mais de 200mbytes.

Baixei o .Net 3.5 instalei etc & tal. E infelizmente não conseguimos conectar com a montagem. Não se era por causa do hardware ou software. Foi que a lei de Murphy cruzou o nosso caminho e um cliente comprou o último telescópio com montagem EQ6 Syntrek que tinhamos no estoque.

Vamos adiar um pouco esse projeto.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Peixe telescópio ?

Vivendo e aprendendo hoje descobri que existe um peixe Telescópio ou Carassius auratus.



Infelizmente não achei nenhum peixe astronomo.


sexta-feira, 10 de julho de 2009

Construindo um PicoEQDIRECT

Bastante gente ja falou sobre o assunto do EQMOD e as montagens da SkyWatcher, Orion e Celestron. Para quem não sabe existe uma modificação para controlar as tripés EQ3-2, EQ5, EQ6, HEQ5 e HEQ6 Pro fabricados pela SkyWatcher e fornecidos para Orion e Celestron.

Basicamente o EQ3-2 seria igual ao OMNI da Celestron.

Sendo o EQ5 igual ao Orion Skyview Pro, e HEQ5 igual ao Sirius e o HEQ6 ou EQ6 igual ao Altlas. A diferença entre o EQ6 e o HEQ6 seria a barra dovetail mais larga no HEQ6 parecida com as usadas nos modelos da Losmandy.

Bem uma galera que não estava satisfeita com os programas da SkyWatcher, Orion e Celestron resolveu mexer direto na montagem e na sua eletrônica e fez um conversor RS232->TTL para se comunicar diretamente com a placa da montagem. Sem a necessidade de usar o controle como seria no caso dos modelos CG5 e Nexstar da Celestron.

Ligando o PC diretamente na montagem tentaram atingir um nível melhor de controle e suprir algumas deficiências inerentes ao mecanismo.

Com isso surgiu o projeto EQMOD: http://eq-mod.sourceforge.net/

E o hardware EQDIRECT: http://eq-mod.sourceforge.net/eqdirect2.htm

Nada complicado de montar por se tratar apenas de um MAX232 com alguns capacitores e um regulador de tensão 12VDC->5VDC.

Na empresa temos o nosso grande técnico em eletrônica Marco que por sinal é o responsável pela área de fabricação de alguns projetos e manutenção dos equipamentos entre telescópios, binóculos e acessórios.

Então lançamos o desafio de fazer um Micro EQDIRECT que coubesse numa caixa de DB9 muito usada em produtos de comunicação via porta serial RS232.

Marco aceitou o desafio prontamente e eis o resultado.

Mãos a OBRA !!!





Resultado o PicoEQDIRECT:


Bem hoje é sexta-feira e deixamos para montar na caixa final na próxima semana para efetuar os testes. Mas tenho certeza que se o regulador HT7150 der conta do brinquedo vamos ter sucesso.

Aguardem novidades !

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Departamento de embalagem & expedição

Infelizmente devido a queda da Internet Velox na nossa região tivemos um dia meio parado. O problema foi que além do Velox sair do ar o Tim WEB 3G também não estava funcionando bem.

Aproveitamos então o dia "mais calmo" para mostrar mais um pouco da AstroShop por dentro.

Uma vez que o pedido é aprovado pelo Dep. Financeiro o mesmo inicia o processamento com separação do produto, emissão de nota fiscal e finalmente embalagem e expedição.

Todos os produtos são verificados antes de enviados. Mas isso ja foi explicado anteriormente.

Com o produto separado procedemos para embalagem usando as caixas originais dos produtos ou os modelos padrão do SEDEX. Atualmente 99.9% dos pedidos são enviados pelo SEDEX devido a rapidez e segurança. Mas nos casos de caixas com mais de 30kg somos obrigados e enviar por transportadora. Existem também os clientes que preferem o envio pela transportadora que tem contrato. Nesso caso eles agendam a coleta uma vez que o pedido esta pronto para envio.

Embalagem:


Como vocês podem verificar o trabalho no setor de embalagem e expedição não para nem para tirar fotos !

Normalmente os telescópios são enviados na caixa original pois essas tem diversas camadas de proteção de papelão e isopor apropriado para transporte.

Durante todos esses anos de trabalho tivemos somente 1 caso de telescópio quebrado na entrega o que nos permite afirmar que o serviço do SEDEX aliado a embalagem de excelente qualidade atende perfeitamente nossa necessidade.


Expedição:


Uma vez embalado as caixas são recolhidas pelo carro dos correios. As vezes são necessárias mais de uma viagem. O funcionário dos correios verifica o número de caixas, assina o relatório de expedição e toma a responsabilidade pelo transporte das caixas.

Devido a um número cada vez maior de roubo de cargas no RJ optamos por colocar seguro em todos os produtos. Isso encarece nosso produto em 1% mas em compensação reduzimos perdas que estavam começando a incomodar.

Fica aqui mais um exemplo do nosso dia-a-dia demonstrando a qualidade do nosso serviço pré e pós venda.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

AstroShop mundo real.

A AstroShop é uma loja 100% virtual e não possui representantes nem loja física para atendimento. Optamos por esse modelo para reduzir ao máximo os custos e investir na qualidade dos produtos, de atendimento e serviços pós-venda.

Mas existe a AstroShop mundo real onde trabalham pessoas nas áreas de assitência técnica, atendimento, vendas, administração, expedição e controle de estoque. Decidimos então diminuir ainda mais a distância virtual e publicar algumas fotos com o dia-a-dia do pessoal:

1) Nosso técnico em eletrônica Marcos consertando um refrator SkyWatcher 80ED Pro que o cliente pediu para verificar o focalizador:


2) Controle de qualidade realizada pelo Marco e Gustavo antes do envio de produtos:


3) Posição de atendimento pré e pós venda realizada pelo Davidson:



Aos poucos vamos arrumar a casa e fazer novas fotos demonstrando a seriedade com que a empresa cuida de seus clientes.




quinta-feira, 25 de junho de 2009

Procedência e País de Origem

Ultimamente tenho recebido vários emails sobre a procedência dos produtos e alguma confusão sobre o país de origem.

Basicamente todos os produtos de telescópio, binóculos e seus acessórios são atualmente fabricados na China, Taiwan e Hong Kong. Alguns produtos são fabricados nos EUA, Alemanha e Japão.

Então a definição de País de Origem segundo a Receita Federal seria aquele onde o produto foi FABRICADO.

Logo a definição de Procedência seria o local de onde o produto foi ENVIADO.

Assim temos diversas combinações entre elas algumas como:
1) Produtos da Celestron são todos importados do EUA e logo tem esse como procedência. E o país de origem pode ser vários China, Taiwan, Japão, etc.

2) Os produtos da GSO são todos importados de Taiwan e logo tem procedência e país de origem no mesmo.

3) Os produtos da SkyWatcher são todos fabricados na China mas podem ser importados da China ou do Canadá. Pois ao ser importado da China demora de 45 a 60 dias para fabricar e depois 30 dias para enviar. Enquanto do Canadá demora 35 dias para enviar pois normalmente tem todos os produtos em estoque.

Assim gostaria de terminar com alguma afirmações incorretas sobre a procedência dos produtos.

De qualquer forma o mais importante seria a qualidade dos mesmos. Conforme demonstrei em outros artigos na China se fabrica produtos e qualidade dependendo do fabricante, etc.

Com isso espero tirar as dúvidas com relação a esse assunto.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

A Verdade sobre binóculos...


Especificações de binóculos
Um bom conselho para quem deseja iniciar na astronomia seria usando binóculos pois são equipamentos óticos de fácil manuseio e transporte. Devido a essa facilidade existem também aqueles que desejam vender “gato-por-lebre” afirmando que determinados modelos fazem milagres além da imaginação ou super poderes de ampliação que deixariam a visão do Superman no chinelo.
O objetivo desse artigo é explicar de forma simplificada como reconhecer um binóculo que oferece o mínimo de seriedade na hora da compra. Bastando usar uma régua milimetrada e algumas dicas, qualquer pessoa seria capaz de identificar os recursos oferecidos.
E não se engane milagres não existem...
Qualidade ótica versus custos
Com a entrada dos fabricantes Chineses no mercado de binóculos temos de tudo literalmente. Desde modelos excelentes até o mais puro e simples lixo ótico e mecânico. E não se deixe enganar pelas marcas pois atualmente 90% do mercado é de modelos fabricados na China com marcas dos EUA e Europa.

Somente alguns poucos ainda são fabricados no Japão, EUA e Europa. Normalmente são modelos de qualidade comprovada porém num custo que iguala a qualidade. Pois no ramo da ótica custo esta realmente diretamente ligado a qualidade. Mas nem sempre custo significa garantia de qualidade.
Além do fator custo temos de levar em consideração que praticamente 100% dos binóculos no Brasil são importados e com isso incidem impostos de importação (II), IPI, ICMS, e mais alguns. Tornando assim o custo ainda mais elevado. O que obriga o consumidor a pesquisar ainda mais antes de fechar qualquer negócio.
Basicamente existem dois tipos de montagem ótica de binóculos e qualidade de componentes. São elas ROOF e PORRO de montagem dos prismas e vidros tipo BAK4 e BAK7. Além desses existem outros para modelos mais avançados que fogem do tema desse artigo.
Os modelos ROOF usam prismas e lentes numa montagem compacta e normalmente são usados para esse fim. Possibilitando assim a construção de modelos compactos como 8x21, 10x25, etc.
Os modelos PORRO oferecem qualidade ótica melhor porém ao custo de um tamanho maior. Normalmente são usados em modelos acima de 7x35 ou 10x50.

Binóculo com prisma PORRO:

Binóculo com prisma ROOF:

Os modelos fabricados com vidro tipo BAK7 tem custo menor porém produzem uma qualidade ótica igualmente menor que os modelo tipo BAK4. Dica importante: para identificar se um binóculos é BAK7 ou BAK4 basta olhar como a imagem é formada nas bordas. Se a imagem for retangular é porque a ótica foi fabricada com BAK7. Se a imagem for redonda foi fabricado com BAK4.
BAK4:

BAK7:

Mas a qualidade das lentes também influe no conjunto total. De forma que não adianta um binóculo usar prismas BAK4 e ter lentes tipo RUBICON. Dica importante: não aceite modelos com lentes RUBICON. As lentes avermelhadas na verdade escondem a baixa qualidade ótica do conjunto. Ao filtrar a cor vermelha temos uma visão não realista da cena. E ainda existem aqueles que afirmam ter capacidades de visão noturna um simples e clara mentira. Além do fato que binóculos de visão noturna só podem ser comercializados e comprados por empresas autorizadas pelo Exército.
Nunca compre um binóculo de visão noturna sem a devida autorização. Essa prática é considerada crime inafiançavel de tráfico de armas. Para mais informações sobre binóculos de visão noturna visite o site abaixo da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados, Exército Brasileiro:
DFPC - http://www.dfpc.eb.mil.br/paginas/index.html

Um bom binóculo deve ter lentes MC ( multi coated ) ou FMC ( fully multi coated ). Todos os binóculos possuem lentes com algum tipo de revestimento nas superfícies das lentes que ficam em contato com o ar. Dessa forma reduzem bastante a reflexão nas próprias superfícies melhorando a qualidade final da imagem. Existem basicamente 3 tipos de revestimento: Coated, Multi Coated e Fully Multi Coated. Os modelos Coated reduzem em até 95% a reflexão de luz, os Muti Coated em até 98.5% e os Fully Multi Coated em até 99.75%. Quanto maior a redução de reflexão melhor e consequentemente mais caro o conjunto ótico.
Tipo de proteção Passagem de luz Superfície de 10 lentes e prisma
SEM 96%
(0.96)10 = 0.66 (66%)
Camada Simples (MC) 98.5%
(0.985)10 = 0.86 (86%)
Fully Multi Coatded (FMC) 99.5%
(0.995)10 = 0.95 (95%)
Com a tabela acima podemos perceber a importância das camadas de proteção. Uma vez que um binóculo com 95% de passagem de luz tem uma performace muito melhor que um de 66%.
Resumo: BAK4 oferece qualidade de imagem melhor que BAK7 e lentes RUBICON ou avermelhadas não são recomendadas. Binóculos de visão noturna são de uso e comercialização controlada.
Binóculos e números 5-500x1000 ???
Uma das principais dúvidas é o que significam os números dos binóculos ? Bem a resposta correta seria a especificação dele, porém muitos fabricantes enganam os consumidores maquiando o modelo com códigos que parecem a especificação.

Quando se lê num binóculo básico 10X50 o fabricante sério quer dizer que esse modelo tem capacidade de ampliação de 10X ou 10 vezes e uma lente frontal de 50mm ou 5cm de diâmetro. Mas como você pode medir o diâmetro ? Basta usar uma régua e verificar a largura do vidro da lente frontal.
Por exemplo um famoso binóculo SONGDA MIKULA 15x80. Sendo que a lente frontal de 60mm ou 6cm realmente não condiz com a realidade.
Os modelos com zoom são parecidos por exemplo 10-30X50 signifca que podem aumentar a imagem de 10 a 30 vezes com lente frontal de 50mm. Novamente vale a regra da régua.
Pois bem navegando no Mercadolivre e outros sites encontramos diversos modelos tipo 30-260x160. FUJA DESSES MODELOS. Pois basta medir o diâmetro da lente para ver que ele não tem 160mm ou 16cm de largura de vidro. E nem aumenta de 30 a 260 vezes. Isso simplesmente não existe em nenhum modelo de R$ 300. Você vai jogar dinheiro no lixo e perder seu precioso tempo. E normalmente olha as lentes vermelhas (RUBICON) neles.
Sem contar os modelo 10x50x100 que não quer dizer absolutamente nada e demonstram a total ignorância do vendedor ou fabricante.
Resumo: Não acredite em milagres. Para astronomia os binóculos variam de 10 a 30 vezes de aumento. Com diâmetros de 50 a 100mm. Qualquer coisa acima disso desconfie.
Saída de púpila o que é isso ?
Uma medida muito importante a ser calculada é a saida de púpila ou razão entre o diâmetro da lente frontal e o poder de ampliação.


Basicamente quanto maior a lente frontal mais luz entra no sistema ótico do binóculo. Ao passar pelas lentes e prismas a imagem é ampliada num determinado número de vezes. Logo quanto mais luz melhor e temos de encontrar um ponto de equilibrio com relação a ampliação. Do contrário acabamos com uma região muito pequena no centro da imagem que fica realmente em foco e ampliada e o restante da imagem totalmente distorcida.
Esse efeito ocorre em binóculos que aumentam demais a imagem e extrapolam o limite teórico de ampliação. Por exemplo um binóculo de 10-30x50 pode ter uma saida de púpila que varia de 50/10 = 5 até 50/30 = 1.66.
Não recomendamos nenhum modelo com saída de púpila menor que 1. Pois nesse caso o aumento é maior que o próprio diâmetro da lente. Por exemplo o famoso MICULA 15-250x150. Teria uma saída de púpila variando entre 150/15 = 10 e 150/250 = 0.6. FUJA DESSES MODELOS !
A saída de púpila pode ser facilmente medida com uma régua assim como o diâmetro da lente frontal. Basta colocar a régua na lente de saída da imagem e olhar a uma distância de meio metro medindo assim a saída de púpila. Novamente a régua de R$ 1 pode salvar algumas centenas de R$ do seu orçamento.
Mas afinal quais são as marcas que podemos confiar ?
Basta visitar os diversos fóruns na internet para ver uma lista de marcas conceituadas. Vamos dividir em 3 categorias: Excelentes, Muito Boas e Boas. Dentro dessas categorias existem modelos de um mesmo fabricante.

Excelentes:
- Fujinon
- Zeiss
- Steiner
- Nikon

Muito Boas:
- Celestron
- Cintrax AstroView
- Orion
- Oberwerk
- Pentax
- Tasco
- Brunton

Boas:
- Celestron
- Cintrax AstroView
- Orion
- Bushnell
- Tasco
- Brunton

Das marcas acima praticamente 99% dos modelos podem ser comprados de acordo com o tamanho do orçamento sem quaisquer receios. Pelo menos as especificações batem com a realidade. Mas novamente não recomendamos os modelos com lentes coloridas.

Por último não caia na armadilha do nome parecido. Existem diversas marcas no mercado que parecem com outras. Infelizmente esse pode ser considerado o golpe do desespero.
No Brasil devido as altas taxas de importação os modelos considerados Excelentes são praticamente inacessíveis e raramente encontramos no mercado para comercialização. Os demais modelos podem ser encontrados em diversas lojas físicas e na Internet.